Na esteira da agenda ESG, BNDES vai acelerar startups de impacto socioambiental

O banco irá selecionar 45 negócios que tenham como prioridade soluções voltadas para educação, saúde, sustentabilidade, govtech e cidades sustentáveis

Aline Macedo, da CNN Brasil Business, em São Paulo*
07 de julho de 2021 às 13:10
BNDES
BNDES
Foto: REUTERS/Sergio Moraes

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lança, nesta quarta-feira (7), a edição 2021 do programa que promete acelerar negócios de diversas áreas que atuam no desenvolvimento de soluções socioambientais, como desigualdade social e mudanças climáticas. As inscrições para o BNDES Garagem podem ser feitas pelo site e ficarão abertas até o dia 5 de agosto de 2021. 

O BNDES Garagem vai selecionar 45 negócios que tenham como prioridade soluções voltadas para educação, saúde, sustentabilidade, govtech e cidades sustentáveis. Os selecionados serão orientados pelo Consórcio AWL, composto por Artemisia, Wayra e Liga Ventures, grupos de aceleração. 

A ação espera aquecer o ecossistema de empreendedorismo de impacto, fomentando durante três meses atuações sustentáveis entre as startups de todo o país; o programa será online, por conta da pandemia de Covid-19. 

O programa vai selecionar startups para dois estágios de criação distintos. O primeiro é voltado para pessoas que iniciaram um negócio de impacto e necessitam de apoio nos primeiros passos. Nesse sentido, o empreendedor receberá apoio para desenvolver o Produto Mínimo Viável (MVP, sigla do inglês Minimum Viable Product), validar a solução no mercado, lançar a startup e conquistar os primeiros clientes. Haverá uma premiação no valor de R$ 20 mil.

Já o segundo estágio é voltado para aqueles que já possuem um negócio de impacto e querem um apoio para alavancar e crescer no mercado de sustentabilidade. 

Nessa categoria chamada de Tração, o empreendedor receberá apoio personalizado para acelerar o crescimento da própria startup, refinar o impacto da solução, além de ter acesso à rede de empresas parceiras — públicas e privadas — e de investidores. Nesse estágio, a startup que se destacar receberá uma premiação no valor de R$ 30 mil.

De acordo com Bruno Laskowsky, diretor de participações, mercado de capitais, reestruturações e crédito indireto do BNDES, o BNDES Garagem vem para mostrar que o banco deseja, cada vez mais, gerar impacto na última milha, fomentar a cultura do empreendedorismo e contribuir para termos um planeta mais sustentável.

“É por isso que, na edição 2021, vamos apoiar empreendedores que tragam soluções para os desafios sociais e ambientais do nosso país. Queremos transformar positivamente a vida dos brasileiros e o empreendedorismo com impacto é um ótimo caminho para atingirmos essa transformação de forma sustentável no tempo", afirma Laskowsky.

*Com supervisão de Natália Flach