ANP dá autorização para Vale importar GNL para consumo próprio

As importações ocorrerão por via marítima, com entregas previstas para terminais marítimos e de regaseificação na costa brasileira

Gabriel Araujo, da Reuters
14 de julho de 2021 às 11:07
Navio-tanque para transporte de GNL
Foto: REUTERS/Khaled Abdullah

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) autorizou a Vale a importar gás natural liquefeito (GNL) proveniente de diversos países para consumo próprio, conforme publicação no Diário Oficial da União desta quarta-feira (14).

Segundo a medida, a autorização é válida para a importação de 1,66 milhão de metros cúbicos por dia de GNL regaseificado, que será utilizado para aquecimento dos fornos da empresa.

 As importações ocorrerão por via marítima, com entregas previstas para terminais marítimos e de regaseificação na costa brasileira.

A autorização possui validade de dois anos a partir da data de publicação no diário oficial, acrescentou a ANP.