Número de usuários de bancos digitais mais que dobra no Brasil, mostra pesquisa

O porcentual passou de 14% para 31%, segundo o relatório da Akamai

Por Elisa Calmon, do Estadão Conteúdo
16 de julho de 2021 às 17:02
Pessoa segura cartão em frente a computador. E-commerce, venda online
Compra online: internet é saída para empreendedores continuarem vendendo e prestando serviços na quarentena
Foto: rupixen.com/Unsplash

 O número de brasileiros que fazem uso de bancos digitais mais do que dobrou em 2021 quando comparado ao ano passado. O porcentual passou de 14% para 31%, segundo o relatório da Akamai Technologies encomendado à Cantarino Brasileiro, que ouviu mais de mil correntistas no país.

O estudo revela que, apesar do aumento dos usuários de bancos digitais, o brasileiro ainda prefere as instituições tradicionais quando se trata de poupança. Em média, 42% dos que usam bancos tradicionais utilizam a poupança, contra 12% dos que usam bancos digitais.

A conta corrente também ainda é um serviço mais usado nos bancos tradicionais, com uma taxa de 46%. Nos digitais, o porcentual é de 29%. Por outro lado, o PIX, meio de pagamentos instantâneos, ganhou tanto usuários dos bancos digitais quanto tradicionais, segundo a pesquisa.

O serviço é um dos mais usados por correntistas de ambos os modelos. A adoção da nova tecnologia foi rápida: em 2020, 82% dos entrevistados disseram não saber o que era PIX, já na pesquisa deste ano, 82% afirmaram já ter sua chave PIX cadastrada.