Nuvem e consultoria ajudam IBM, e receita trimestral vem acima do esperado

A receita dos negócios da IBM com computação em nuvem subiu 13%, para US$ 7 bilhões

Por Chavi Meta, da Reuters
19 de julho de 2021 às 18:30
IBM, anunciou o fim de seu programa de reconhecimento facial
A gigante americana de tecnologia, IBM, anunciou o fim de seu programa de reconhecimento facial e propôs debate sobre uso da tecnologia por forças de segurança
Foto: Shutterstock

 A IBM divulgou nesta segunda-feira (19) receita trimestral acima do esperado por analistas, impulsionada por investimentos de clientes em computação em nuvem e consultoria.

A receita dos negócios da IBM com computação em nuvem subiu 13%, para US$ 7 bilhões.

O lucro líquido caiu para US$ 1,33 bilhão, US$ 1,47 por ação, ante US$ 1,36 bilhão ou US$ 1,52 por papel, um ano antes.

O faturamento total subiu 3%, a US$ 18,75 bilhões, superando expectativa média de analistas de US$ 18,29 bilhões, segundo dados da Refinitiv.