Rede de áudio Clubhouse deixa de exigir convite para liberar acesso a usuários

A rede social, que viu um crescimento explosivo durante os primeiros meses da pandemia, afirmou que sempre planejou se abrir ao público

Por Elizabeth Culliford, da Reuters
21 de julho de 2021 às 19:09
Clubhouse
Clubhouse
Foto: William Krause / Unsplash

 O aplicativo de áudio ao vivo Clubhouse removeu seu sistema de acesso apenas por convite para que qualquer pessoa possa aderir à sua plataforma, afirmou a empresa nesta quarta-feira (21).

A rede social, que viu um crescimento explosivo durante os primeiros meses da pandemia, afirmou que sempre planejou se abrir ao público e que o acesso via convite vinha sendo uma forma de conter os números de usuários.

O Clubhouse enfrenta atualmente uma série de rivais, incluindo as redes sociais gigantes Facebook e Twitter, bem como empresas de streaming de áudio como a Spotify.

 

A empresa afirmou que adicionou 10 milhões de usuários desde o lançamento da versão do aplicativo para Android em maio.

A companhia, que afirmou que sua equipe cresceu desde janeiro de 8 para 58 pessoas, lançou um recurso para mensagens diretas na semana passada.