Confiança do consumidor cresce em julho para o maior patamar em 4 meses

Apesar de ser visto com bons olhos, o cenário não é suficiente, alertam especialistas

da CNN
22 de julho de 2021 às 17:08

 

 

O índice que mede o nível de confiança do consumidor no mercado cresceu em julho para o maior patamar dos últimos 4 meses. De acordo com especialistas, melhora foi levada pela aceleração do ritmo da vacinação contra a Covid-19 no país.

Medido pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) o índice nacional chegou aos 73 pontos em julho ante 69 pontos no mês anterior. Mas esse ainda não foi o maior patamar registrado neste ano. O mais alto foi em março, quando chegamos a 76 pontos.

 

Apesar de ser visto com bons olhos, o cenário não é suficiente, alertam especialistas. Isso porque o índice, que varia de 0 a 200 pontos, só pode ser considerado completamente otimista quando passa de 100.

Metade dos entrevistados pela ACSP para a produção do índice diz acreditar numa melhora econômica nos próximos seis meses, o que significa que as famílias poderão estar com mais dinheiro no bolso.

Essa é inclusive a projeção de economistas, que, de uma forma geral, esperam que o consumo das famílias passem a ser o mais importante motor da economia no segundo semestre, com mais força de atividades como turismo e lazer. O risco desta descompreensão do comportamento do consumidor é que os empresários aumentem os preços, seja pela demanda ou para tentar recuperar o prejuízo do último ano, explica o comentarista de economia da CNN Fernando Nakagawa.

Movimentação no comércio na cidade de Santo André (SP) durante pandemia da Covid-19
Foto: Roberto Sungi/Futura Press/Estadão Conteúdo (17.abr.2021)