Com alta de 34% entre janeiro e junho, leite pesa no bolso dos brasileiros

Quanto maior o preço do leite, mais difícil é a chegada de produtos como queijo, requeijão, iogurte às dispensas e geladeiras dos brasileiros

Matheus Meirelles, da CNN em São Paulo
22 de julho de 2021 às 11:14

A inflação dos alimentos voltou a subir no país e alguns produtos estão pesando mais no bolso do consumidor. De acordo com novos dados analisados pela CNN, o leite está entre os itens que mais aumentaram de preço.

Dados do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da USP (Universidade de São Paulo), mostram que o preço do litro do leite apresentou alta acumulada de 34% entre janeiro e junho deste ano. 

Esse avanço fez com que o IPC-Fipe (Índice de Preços ao Consumidor) aumentasse de 0,81% em junho para 0,86% já em julho

A alta do preço do leite afeta também a chegada de seus derivados, como queijo, requeijão e iogurte, às dispensas e geladeiras dos brasileiros. 

De acordo com especialistas do setor, a alta dos preços do produto é causada pelo aumento do custo dos insumos, pela falta de chuvas, além do crescimento na busca por seus derivados.