Apesar de queda na taxa de desemprego, renda do brasileiro está 10% menor em 2021

Hoje, a média nacional de renda é de R$ 2.489, contando todas as categorias e incluindo empregos do setor público

Thais Herédiada CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O IBGE anunciou nesta quarta-feira (27) que a taxa de desemprego caiu para 13,2% no trimestre encerrado em agosto. Apesar da melhora, a renda média dos trabalhadores caiu 10,2% em relação ao mesmo período do ano passado.

Para a analista de Economia da CNN, Thais Herédia, a queda do desemprego é uma boa notícia porque significa que há um ritmo de retomada do emprego, uma disposição dos empresários brasileiros em contratar funcionários, mas é preciso acompanhar como os brasileiros estão trabalhando e o quanto estão ganhando para entender o contexto completamente.

A renda média em um ano caiu 10,2%. Portanto, hoje, a média nacional de renda é de R$ 2.489, contando todas as categorias e incluindo empregos do setor público.

A pesquisa mostra ainda que mudanças importantes nas características de trabalho do brasileiro em relação ao verificado há um ano. O número de trabalhadores informais avançou de 19,3% no período.

Já os trabalhadores por conta própria continua subindo, com alta de 4,3% de um trimestre para o outro, e de 18,1% na comparação anual. Isso significa que cerca de 37 milhões de pessoas trabalham por si mesmas hoje no Brasil.

Herédia alerta ainda para o fato de o mercado de trabalho brasileiro ainda ser muito dependente dos trabalhadores informais, que já são a maioria da composição da força de trabalho no Brasil.

Quando colocados lado a lado a queda da renda média do brasileiro e a alta da inflação, é que se pode mensurar a força da economia brasileira, que atualmente não vive seu melhor momento.

Mais Recentes da CNN