Após lançar criptomoeda, Corinthians ganha patrocínio do Mercado Bitcoin

O patrocínio terá a duração de 16 meses (entre setembro de 2021 e dezembro de 2022); nome da plataforma será estampado na camisa do time

José Colagrossi Neto (superintendente de marketing, comunicação e inovação do Corinthians), Mauricio Chamati (fundador do Mercado Bitcoin), Duilio Monteiro Alves (presidente do Corinthians) e Gustavo Chamati (fundador e CEO do Mercado Bitcoin
José Colagrossi Neto (superintendente de marketing, comunicação e inovação do Corinthians), Mauricio Chamati (fundador do Mercado Bitcoin), Duilio Monteiro Alves (presidente do Corinthians) e Gustavo Chamati (fundador e CEO do Mercado Bitcoin Divulgação

Tamires Vitoriodo CNN Brasil Business*

Ouvir notícia

Na mesma semana que lançou seu criptoativo, o fan token, o Corinthians — segundo maior time em torcida no Brasil — ganhou um novo patrocinador: o Mercado Bitcoin, maior plataforma de criptoativos da América Latina.

O patrocínio terá a duração de 16 meses (entre setembro de 2021 e dezembro de 2022), e o nome da plataforma será estampado na camisa do Corinthians. Ao longo do contrato, também serão realizadas “ações de educação financeira e de criptomoedas voltadas à fiel torcida do clube, composta por mais de 30 milhões de pessoas”.

“A parceria com o Corinthians faz total sentido para o Mercado Bitcoin, pois compartilhamos as mesmas visões sobre democratização, pioneirismo e inovação. Além disso, acreditamos que o universo cripto e o mundo do futebol, juntos, viabilizam novos modelos de engajamento com a torcida e a geração de negócios rentáveis”, afirmou Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin, em comunicado enviado ao CNN Brasil Business.

Fan token alvinegro

O preço inicial do ativo batizado de $SCCP foi fixado em US$ 2 e começa a ser negociado às 10h (horário de Brasília), desta quinta-feira.

Os fan tokens são um tipo de criptoativo que dão aos donos o direito de participar de votações no clube, ganhar brindes e participar de promoções exclusivas. Para o clube, é uma forma de se capitalizar e ter uma base organizada de torcedores para envolvê-los no dia a dia do time.

Quem quiser adquirir a $SCCP deverá entrar na Socios.com e pagar com a criptomoeda da plataforma, a chiliz (CHZ). O ativo também estará disponível em corretoras de criptos como Mercado Bitcoin, Binance e Coibase após algumas semanas da estreia.

*Com informações de Leonardo Guimarães, do CNN Brasil Business

Mais Recentes da CNN