Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Aumento da área e da produtividade explicam projeção de safra recorde, diz especialista

    Diretor de política agrícola da Conab destacou a produção de milho e falou sobre os impactos climáticos para a soja

    *Produzido por Ester Cassaviada CNN

    Em São Paulo

    Ouvir notícia

    O diretor de política agrícola da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Sergio de Zen, disse em entrevista à CNN, neste domingo (10), que “o aumento da produtividade”, aliado ao “aumento, ainda que não significativo, de área plantada” explicam as projeções sobre safra nacional recorde.

    Na quinta-feira (7), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou a expectativa de que o mês de março bata recorde na safra nacional de cereais, grãos, oleaginosas (nozes, pistache, castanhas, avelã e amêndoas) e algodão com 258,9 milhões de toneladas.

    Zen destaca que o aumento da produção de milho é importante. “Estamos com uma expectativa de colocar 3 milhões de toneladas a mais do que apontava no levantamento anterior”.

    Segundo ele, “os 3 milhões de toneladas a mais é equivalente, aproximadamente, à 10% do que a Ucrânia exporta”. Dessa maneira, o especialista afirma que, com o cenário internacional atual, esse aumento traz uma contribuição “muito grande” para compor a oferta global do milho.

    No entanto, Zen lamenta a quebra de safra que ocorreu na região Sul do país. “Observamos, entre o final do ano passado e começo deste ano, muitos problemas climáticos no Sul do Brasil. Esperávamos produzir 140 milhões toneladas de soja e vamos produzir algo em torno de 122 milhões toneladas”. Sendo assim, o especialista explica que o cenário internacional incerto também acaba “pressionando os preços das oleaginosas”.

    *Sob supervisão de Thiago Felix

    Veja mais no vídeo acima.

    Mais Recentes da CNN