Bares e restaurantes afastam 20% dos funcionários em meio à onda de Covid e gripe

Setores de transporte e turismo também são afetados com novos contágios das doenças

Fabrício Juliãodo CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

Com a nova onda da Covid-19 e a alta de casos de influenza, diversos setores da economia enfrentam problemas devido ao contágio entre os trabalhadores.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) informou que 20% dos funcionários dos estabelecimentos são afastados todas as semanas em razão dos registros de infecção.

Segundo os dados, a cada dez funcionários que realizam testes, três testam positivo para Covid-19. Isso faz com que empresários analisem a possibilidade de restrição futura, tanto de horário funcionamento como de presença de público.

Outro setor bastante afetado é o de transportes. Empresas de ônibus da cidade de São Paulo identificaram um aumento de 35% nas dispensas médicas, que engloba não somente motoristas e cobradores, mas também equipes de manutenção.

O setor de turismo e entretenimento também sofre com esse cenário. Isso ao considerar que o mês de janeiro, época de viagens e passeios, movimenta bastante a área.

No entanto, também já são estudados novos cancelamentos de eventos. A orientação de empresários do setor e das autoridades de saúde locais por enquanto é de manutenção dos eventos, mas intensificando os cuidados já conhecidos, como uso de máscara, distanciamento social e álcool em gel.

Mais Recentes da CNN