Brasil abre 136 mil vagas de emprego com carteira assinada em março

Número é resultado de 1.953.071 contratações e 1.816.882 demissões; em fevereiro, haviam sido criadas 329.404 vagas

Anna Russida CNN

em Brasília

Ouvir notícia

O Brasil abriu 136.189 vagas formais de trabalho em março, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado nesta quinta-feira (28) pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

O número –resultado de 1.953.071 contratações e 1.816.882 demissões– representa uma queda de 58,6% em relação ao registrado em fevereiro, quando 329.404 vagas foram criadas.

O salto também mostra desaceleração quando comparado aos 153.431 postos de trabalho criados em março de 2021.

 

No mês, o salário médio de admissão foi de R$ 1.872,07, valor menor que os R$ 2.018,60 no mesmo mês do ano passado e também abaixo dos R$ 1.910,79 em fevereiro deste ano.

No primeiro trimestre do ano, o Brasil acumula a criação de 615.173 novas vagas de empregos com carteira assinada. O número representa queda de 23,5% em relação ao saldo acumulado de janeiro a março de 2021.

Entre janeiro e março, quatro dos cinco setores da atividade econômica registraram criação de empregos, sendo a exceção o comércio, que fechou 54.121 vagas. O setor de serviços liderou com a abertura de 433.001 empregos formais.

Em seguida, as atividades da Indústria, da Construção e da Agropecuária criaram, respectivamente, 109.673, 100.487 e 26.137 vagas formais no acumulado do ano.

Mais Recentes da CNN