Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasil tem 5 mil tentativas de fraude de identidade por hora no semestre, diz pesquisa

    Fintechs são as mais visadas quando se trata desse tipo de golpe, com 1,043 milhão de tentativas

    Elisa Calmon, do Estadão Conteúdo

    Ouvir notícia

    No primeiro semestre de 2022, o Brasil registrou mais de 5 mil tentativas de fraude de identidade por hora, segundo levantamento realizado pela idtech Unico. A empresa contabilizou 2,1 milhões de casos evitados, que representariam um prejuízo de cerca de R$ 59 bilhões.

    As fintechs são as mais visadas quando se trata desse tipo de golpe, com 1,043 milhão de tentativas. Em segundo lugar aparecem os bancos, com 512 mil, seguidos pelo varejo, onde foram barradas 234.609 ações fraudulentas nos primeiros seis meses de 2022.

    “Notamos um aumento na faixa de 30% em relação ao número de fraudes do primeiro semestre de 2021. O uso de tecnologias de reconhecimento facial com biometria se faz cada vez mais necessário para barrar essas ações”, afirma o diretor de produto da Unico, André Nery.

    O executivo destaca que o Unico Check, solução de autenticação de identidade via biometria facial, evita, a cada segundo, sete tentativas de fraude no país.

    Os tipos de golpe mais comuns, ainda de acordo com o levantamento, são os via injection (injeção, em português), que durante a captura da imagem do usuário, o fraudador se utiliza de um outro software para imputar uma foto da pessoa fraudada diretamente da galeria do celular. Bonecos ou manequins se passando por pessoas também são comuns entre as ações dos golpistas no Brasil.

    Para evitar golpes de roubo de identidade, a Unico oferece soluções como biometria facial para autenticação de identidades, assinatura eletrônica biométrica e admissão digital. Em agosto de 2021, se tornou um unicórnio após ser avaliada em US$ 2,6 bilhões.

    Mais Recentes da CNN