Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Capitais devem ter 5G funcionando até 29 de agosto, diz ministro

    Após esse prazo, operadoras terão 30 dias para fazer lançamento comercial; após Brasília, Anatel autorizou ativação da tecnologia em Belo Horizonte, Porto Alegre e João Pessoa

    Fábio Faria, ministro das Comunicações
    Fábio Faria, ministro das Comunicações Valter Campanato/Agência Brasil

    Kaio TelesRenata Souzada CNN

    em Brasília e São Paulo

    Ouvir notícia

    O ministro das Comunicações, Fábio Faria, confirmou, durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (27), que todas as capitais brasileiras deverão ter o 5G funcionando até o dia 29 de agosto.

    “Até dia 29 de agosto todas as capitais já têm que ter o 5G funcionando. Aí eles têm 30 dias, até 29 de setembro, para lançar comercialmente. Então eles ficam em teste até 29 de setembro, aí a Anatel vai a campo para aferir o resultado”, detalhou o ministro.

    Brasília foi a primeira cidade brasileira a receber a tecnologia “full 5G”, em 6 de julho de 2022. As próximas capitais a dispor da novidade serão Belo Horizonte, Porto Alegre e João Pessoa.

    Segundo Faria, as faixas que serão utilizadas pelo 5G nas três capitais — antes ocupadas com sistema de antenas parabólicas — estão liberadas. “Entretanto o lançamento comercial nessas capitais é uma decisão das operadoras, que precisam fazer isso até o dia 29 de setembro”, explicou.

    Embora o prazo para funcionamento do 5G nas capitais seja 29 de agosto, a data limite para início da comercialização acompanha o das três capitais citadas, ou seja, 29 de setembro.

    O ministro explicou ainda que as cidades terão metas em relação ao número mínimo de antenas investidas pelas operadoras por ano.

    “Em Brasília está em torno de 50% de cobertura esse ano. Talvez Brasília, a pessoa que mora nas Asas pode ter cobertura e pode ser que em outra região ainda não tenha. Mas isso a gente vai deixar claro, depois do dia 29, quais foram as áreas que foram totalmente atendidas e que não estão ainda”, afirmou Faria.

    A expectativa é de que todas as cidades do país tenham 5G operando no padrão Standalone até 2029.

    A Anatel informou que, após Belo Horizonte, Porto Alegre e João Pessoa, as próximas capitais a receber o 5G devem ser Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Goiânia e Salvador.

    Segundo o conselheiro da Agência Moisés Moreira, está havendo um estudo para a implementação da tecnologia nesses municípios, mas ainda não há data para a deliberação.

    Mais Recentes da CNN