Comissão do Senado aprova Diogo Guillen e Renato Dias Gomes para diretoria do BC

Guillen deve assumir a cadeira de diretor de Política Econômica; já Dias Gomes ficará responsável pela diretoria de Organização do Sistema Financeiro e Resolução

Pessoas passam em frente à sede do Banco Central em Brasília
Pessoas passam em frente à sede do Banco Central em Brasília 25/08/2021REUTERS/Amanda Perobelli

Anna Russida CNN

em Brasília

Ouvir notícia

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou, nesta terça-feira (5), os nomes de Diogo Abry Guillen e Renato Dias de Brito Gomes para a diretoria do Banco Central. As indicações seguem para análise do plenário da Casa ainda nesta terça-feira.

Guillen deve assumir a cadeira de diretor de Política Econômica, no lugar de Fábio Kanczuk. Já Dias Gomes ficará responsável pela diretoria de Organização do Sistema Financeiro e Resolução, cargo antes ocupado por João Manoel Pinho de Mello.

Na mesma sessão também foram aprovados os nomes de Alexandro Barreto de Souza e Victor Oliveira Fernandes para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), com mandato de quatro anos.

Ainda na tarde desta terça-feira, a CAE segue reunida para sabatinar outros dois indicados: Juliana Oliveira Domingues, para o cargo de Procuradora-Chefe da Procuradoria Federal Especializada junto ao Cade, e João Carlos Andrade Uzêda Accioly, para a diretoria da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Em atualização

Mais Recentes da CNN