Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Compra de dólar no país deve superar patamares de 2019 em abril, prevê Abracam

    Associação Brasileira de Câmbio aponta que demanda por moeda americana cresceu 10% só na primeira semana do mês

    Notas de 100 dólares
    Notas de 100 dólares 02/08/2011REUTERS/Yuriko Nakao

    Rayane Rochada CNN*

    no Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    O brasileiro deve comprar mais dólares em abril deste ano do que comprou em abril de 2019. É o que aponta a Associação Brasileira de Câmbio (Abracam), com base nos dados da última semana.

    À CNN, a entidade afirmou que a busca pela moeda americana ao longo do mês deve superar, com folga, o consumo registrado no período pré-pandemia.

    A presidente da Abracam, Kelly Massaro, explica que esse crescimento de consumo vem acontecendo desde o início do ano.

    “De fevereiro para março, houve 70% de aumento em comparação aos meses anteriores. Fevereiro já foi um mês bom. Com o carnaval, muita gente viajou. Agora, são 80%”, ressaltou.

    “Estamos falando de 10% de aumento só nos primeiros dias de abril”, acrescentou.

    Massaro destaca que, apesar das quedas consecutivas do dólar, a conjuntura atual também é influenciada por outros fatores. “Isso se dá pela abertura das fronteiras, o estímulo das pessoas em resposta à melhora do momento pandêmico e a remarcação de viagens represadas”, explicou.

    Com o dólar na casa dos R$ 4,70, a executiva chama a atenção para a corrida na compra do dinheiro americano mais em conta.

    “A gente sempre tem que fazer um paralelo com instituições relacionadas à nossa, como agências de viagem e operadoras de turismo. Do final de março para o começo de abril, as pessoas começaram a correr para garantir a moeda em um patamar melhor em virtude já desses compromissos”, disse.

    Com o dólar um pouco mais barato, a Abracam destaca que mesmo quem não tinha planos de viajar para fora do Brasil, tem repensado a possibilidade.

    “Em valores absolutos, um real, um real e pouco, pode não parecer muito. Mas dá uma motivação muito maior e estimula as pessoas a considerarem uma viagem internacional. Em especial, as que têm interesse em tirar férias no meio do ano, uma época muito importante para o turismo”, concluiu.

    *Sob supervisão de Fabiana Lima

    Mais Recentes da CNN