Ibovespa tem 2º pior desempenho entre 78 países em abril, aponta levantamento

Em mês favorável para o dólar, real teve o 37º pior desempenho dentre 120 países

Real continua entre as moedas que mais se valorizaram no ano
Real continua entre as moedas que mais se valorizaram no ano Marcello Casal Jr/Agência Brasil

João Pedro Malardo CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores do Brasil, teve o segundo pior desempenho em relação aos índices das bolsas de 78 países no mês de abril, segundo levantamento da agência de classificação de risco Austin Rating obtido com exclusividade pelo CNN Brasil Business.

A posição foi resultado de um mês negativo para a bolsa brasileira, afetada principalmente pela queda de ações ligadas a commodities, com forte peso no Ibovespa, devido a temores de demanda reduzida em meio aos lockdowns na China.

A alta de juros mais acelerada nos Estados Unidos também aumentou a aversão a riscos dos investidores, prejudicando mercados como o brasileiro.

O mês de abril foi o primeiro do ano com retirada de investimentos estrangeiros na bolsa de valores. O cenário também afetou a performance do real em relação ao dólar, que teve o 37º pior desempenho dentre 120 países.

Segundo os dados da Austin Rating, em abril o real desvalorizou 3,7%, enquanto o Ibovespa caiu 14,3%, considerando a variação em dólar, ficando atrás apenas do índice WIG20, da bolsa da Polônia, que recuou 17,6%.

Apesar da queda em abril, o desempenho anual do Ibovespa em dólar ainda está entre os dez melhores do mundo devido à valorização do real, com alta de 15,3%, na nona posição. Considerando a variação na moeda local, o índice acumula avanço de 2,9% no ano, na 23ª posição.

Já o real continua entre as moedas que mais se valorizaram no ano, com alta de 13,4%, na terceira posição.

A moeda brasileira foi favorecida no primeiro trimestre do ano devido à combinação de juros altos, ativos descontados na bolsa e alta nos preços de commodities, o que atraiu o capital estrangeiro para o país.

No mês, as moedas com piores desempenhos em relação ao dólar foram do Sri Lanka (-16,9%), que enfrenta uma crise econômica e política, e da Hungria (-7,6%), que passou por uma eleição parlamentar.

Já os melhores desempenhos foram de Seychelles (17,4%) e da Rússia (14,7%), cujo rublo recuperou parte das perdas ligadas às sanções devido à invasão na Ucrânia. A moeda ucraniana teve queda de 4,7% em abril.

Entre os índices de bolsas de valores, o Nasdaq, cuja bolsa concentra ações de empresas de tecnologia, teve o quarto pior desempenho do mês, com queda de 13,3%.

A maior alta em abril foi do índice da bolsa do Zimbábue, com alta de 58,7%, favorecido pela alta do dólar ao redor do mundo. O Amman SE, da bolsa da Jordânia, teve o segundo melhor desempenho, avançando 8,8%.

Mais Recentes da CNN