Inflação e alta de preços afetam rotina de consumo dos brasileiros

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama econômico atual no Brasil

Da CNN*

Ouvir notícia

O Brasil registrou a maior inflação para o mês de março desde 1994, 1,62% e nos três primeiros meses do ano a alta de preços atingiu 64%, mais da metade do teto da meta do governo para todo o ano de 2022.

Um levantamento da CNN mostra que desde o início da pandemia, em março de 2020, até fevereiro deste ano, as compras no supermercado ficaram 31% mais caras. Dos 20 itens que puxaram a alta de preços, 19 são alimentos.

Além do Brasil, países ao redor do mundo também registraram altas nos preços dos alimentos, provocados, entre outros fatores, pela guerra na Ucrânia e a pandemia.

Outros fatores também colaboraram para a inflação alta, entre eles, a energia elétrica. A conta de luz ficou 33% mais cara nos últimos anos, mas, a partir deste mês essa sequência de altas pode se encerrar com fim da bandeira tarifária escassez hídrica.

Para falar sobre a inflação e alta de preços no Brasil, participa deste episódio Alexandre Espirito Santo, economista da Órama e professor do IBMEC, e Fernando Nakagawa, diretor do CNN Brasil Business, que vai falar sobre o que pode acontecer com a esperada queda dos gastos com energia elétrica.

Conheça outros podcasts da CNN Brasil:

Horário de Brasília

5 Fatos

À Prioli

Semana de 22 – Bem mais que o modernoso

Entre Vozes

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais, com apresentação de Carol Nogueira
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã / CNN Brasil

(Publicada por Carolina Farias*)

Mais Recentes da CNN