Mais de 3 mil voos já foram cancelados no fim de semana do Memorial Day nos EUA

Cancelamentos aconteceram em apenas dois dias e os motivos teriam sido o mau tempo, o controle de tráfego aéreo e a ausência de funcionários por causa da Covid-19

Aviões da Delta Air Lines alinhados em portões de terminal do aeroporto LaGuardia, em Nova York.
Aviões da Delta Air Lines alinhados em portões de terminal do aeroporto LaGuardia, em Nova York. Foto: Lindsey Nicholson/UCG/Universal Images Group via Getty Images

Ramishah Marufda CNN*

Nova York

Ouvir notícia

Esse é mais um fim de semana de folga caótico para os americanos que viajam de avião. Mais de 1 mil voos foram cancelados na manhã de sábado (28), de acordo com o site de rastreamento de voos FlightAware, após 2.300 cancelamentos na sexta-feira (27).

A Delta Air Lines é a companhia aérea mais afetada pelos cancelamentos, com mais de 230 voos, ou 8% de suas operações suspensas no sábado. O Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson, em Atlanta, onde a Delta está sediada e tem seu maior hub, está sendo fortemente afetado pelos problemas de viagem.

A empresa aérea culpou os cancelamentos de sábado pelo mau tempo e, na sexta, pelas “ações de controle de tráfego aéreo”, dizendo que está tentando cancelar voos com pelo menos 24 horas de antecedência.

No sábado, a United Airlines cancelou 23 voos e a JetBlue cancelou 10, cerca de 1% das operações das empresas.

Na quinta-feira (26), a Delta anunciou que estava diminuindo sua programação de voos de verão antes do fim de semana do Memorial Day. De 1º de julho a 7 de agosto, disse a companhia aérea, cortaria cerca de 100 voos diários, principalmente nos EUA e na América Latina.

“Mais do que em qualquer outro momento de nossa história, os vários fatores que atualmente afetam nossa operação – clima e controle de tráfego aéreo, equipe de fornecedores, aumento das taxas de casos de Covid que contribuem para ausências não programadas acima do planejado em alguns grupos de trabalho – estão resultando em uma operação que não está consistentemente de acordo com os padrões que a Delta estabeleceu para o setor nos últimos anos”, disse a diretora de experiência do cliente, Allison Ausband, em uma publicação online.

As companhias aéreas também estão cancelando preventivamente quase 200 voos previstos para segunda-feira (30). A Delta já cortou 75 até agora.

A Delta disse em seu post que emitirá isenções de viagem para os afetados pelo mau tempo no Sudeste e Nordeste dos Estados Unidos neste fim de semana. Os aeroportos afetados, que incluem as áreas de Nova York e Washington (DC) estão listados no site da empresa.

A Delta esperava cerca de 2,5 milhões de clientes durante o fim de semana de férias – um aumento de um quarto em relação ao ano passado. AAA, que analisa dados aeroviários, estimou que 3 milhões de americanos devem voar de avião no fim de semana do Memorial Day.

Separadamente, a JetBlue disse que cortaria de 8% a 10% de sua programação de verão. A Alaska Airlines está reduzindo sua programação em cerca de 2% até junho para corresponder “à capacidade do piloto”.

*Com informações de Marnie Hunter, da CNN.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN