Meta de inflação do BC só deve ser alcançada em 2023, diz professor de economia

Dados do IBGE mostraram que Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) subiu 8,3% em 2021

Da CNN

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN, o professor de economia da USP Simão Silber afirmou que a meta de inflação que o Banco Central estipulou como ideal para o país só deve ser alcançada em 2023. Dados do IBGE mostram que o IPCA-15 subiu 8,3% este ano.

Para o professor, a perspectiva para o próximo ano não é boa.  “Vamos terminar o ano que vem com o índice do custo de vida ainda de 5,5%. Só em 2023 que a gente deve chegar na meta de inflação que o Banco Central prometeu, que é de 3,5%”, afirmou.

Silber também falou sobre os aumentos dos juros feitos pelo Banco Central. “Com o Banco Central aumentando os juros nós vamos ter uma mistura chamada ‘índice de miséria’, que é inflação alta e o desemprego alto. Temos uma chance muito forte de termos uma recessão no ano que vem”, disse.

O professor afirmou que, a curto prazo, a situação atual não deve sofrer mudanças significativas. “Até o fim do ano vamos ter uma inflação forte. O IPCA neste momento está em dois dígitos de crescimento, nos últimos 12 meses cresceu 10,25% e deve terminar o ano em um número próximo a 8%”, disse.

“O ano que vem é um ano perdido, as expectativas do mercado financeiro são de que no ano que vem vai ter queda do PIB, nós vamos pagar um preço muito alto por essa inflação”, afirmou Silber.

/ CNN/Reprodução

Mais Recentes da CNN