Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    MPT abre apuração preliminar para investigar denúncias de assédio contra presidente da Caixa

    Ministério Público Federal abriu procedimento na segunda-feira para investigar a conduta de Pedro Guimarães

    Gabriela Coelhoda CNN

    em Brasília

    Ouvir notícia

    O Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal decidiu nesta quarta-feira (29) abrir uma notícia de fato para apurar as denúncias de assédio sexual contra o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Na prática, foi aberta uma apuração preliminar.

    A informação foi confirmada pela CNN. Ontem, o Ministério Público Federal (MPF) abriu um procedimento para investigar a conduta de Guimarães, que pediu demissão nesta quarta-feira. No MPF, o processo corre sob sigilo judicial e está em fase de oitiva de testemunhas e de potenciais vítimas.

    A investigação foi revelada pelo portal “Metrópoles”, na terça-feira (28), e confirmada pela CNN. Procurado por meio da assessoria de imprensa do banco, o presidente da Caixa não se manifestou sobre o tema.

    O Tribunal de Contas da União (TCU) também reagiu e irá solicitar de imediato informações ao banco estatal sobre os mecanismos de prevenção e combate ao assédio existentes. A solicitação já foi feita pela presidente do TCU, ministra Ana Arraes, à Secretaria-Geral de Controle Externo.

    Em ofício endereçado aos ministros da corte e à procuradora-geral, a ministra diz que o caso merece ser investigado e “punido com todo rigor” caso confirmado.

    Mais Recentes da CNN