Nokia ‘tijolão’ reaparece repaginado e com o icônico jogo da cobrinha

Versão moderna do aparelho mantém características que o tornou tão popular no início dos anos 2000

Nokia 6310: jogo da cobrinha de volta em 2021
Nokia 6310: jogo da cobrinha de volta em 2021 Nokia/Divulgação

Wesley Santanacolaboração para o CNN Brasil Business

Ouvir notícia

Para comemorar 20 anos desde o lançamento do modelo 6310, a HDM Global, detentora da marca Nokia, anunciou uma nova versão do celular que ficou conhecido como “tijolão”.

Embora seus atributos não invejem os consumidores que já estão acostumados com smartphones tecnologicamente mais avançados, a empresa promete uma configuração moderna e redesenhada, sem abandonar as características clássicas.

A grande novidade do lançamento é que a empresa não esqueceu do que consagrou o aparelho como um dos mais populares de sua época. A finlandesa o equipou com o Snake, mais conhecido como ‘jogo da cobrinha’, um game que perseguiu as gerações anteriores e que tem muitos adeptos também entre os mais jovens – agora em alta definição.

Com um visual minimalista, o aparelho tem tudo para apaixonar os usuários que esperam o básico de um celular. Além de contar com rádio FM sem fio, o 6310 permite o ajuste de fontes, ampliação de telas e tem uma bateria que pode durar por semanas, segundo a marca.

O modelo chega com um visor curvo de 2,8 polegadas e projetado em material de policarbonato, capaz de resistir a fortes quedas. Ele ainda traz uma câmera traseira de 0,3 megapixels e capacidade de armazenamento interno de 8 MB, com suporte para cartão de memória de até 32 GB.

Por enquanto, não há informações de quando a novidade chegará ao Brasil, mas, segundo informações do jornal britânico Daily Mail, ela já está à venda em terras europeias por 60 libras (cerca de R$ 450), em três cores: verde escuro, preto e amarelo.

A HDM afirma que o celular foi atualizado para corresponder às necessidades modernas, sem deixar de lado seus principais atrativos. “Ele é para todos os amantes de telefones. Um modelo original, icônico e que mantém seu design familiar e funcionalidades”, disse Adam Ferguson, chefe de marketing de produtos.

A primeira versão do 6310 apareceu no mercado em março de 2001 e, no ano seguinte, ganhou uma variação, o Nokia 6310i, que trazia algumas configurações adicionais. Descontinuados em 2005, esses telefones foram emblemáticos por vários motivos, entre eles a duração da bateria que resistia por três semanas.

Tópicos

Mais Recentes da CNN