“Para 2022, o mais importante é o país focar na economia”, diz Abilio Diniz

Em entrevista à CNN, empresário Abilio Diniz falou sobre o cenário político para o próximo ano e a importância da geração de renda entre vulneráveis

Anna Gabriela Costada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Nesta quarta-feira (8), em entrevista à CNN Brasil, o empresário Abilio Diniz falou sobre o cenário político para 2022 e a importância do crescimento do país por meio da economia, com a geração de oportunidades aos mais vulneráveis como ponto primordial ao desenvolvimento.

“Nós temos que focar em 2022, acho que a coisa mais importante para o país é focar na economia, esse país precisa crescer. Passei 10 anos da minha vida trabalhando para o governo, como membro do Conselho Monetário Nacional, e sempre tive a grande preocupação de crescimento com distribuição de renda”, disse Diniz.

“Nós não vamos distribuir renda, não vamos fazer os vulneráveis saírem da linha da pobreza e crescer, se nós não tivermos crescimento no país, então esse é foco”, acrescentou o empresário.

Ao comentar o cenário político para as eleições presidenciais de 2022, Abilio Diniz afirmou que não irá se posicionar favorável a algum candidato. Mas, acredita que a eleição no próximo ano será importante para o momento que o país atravessa, de “ceticismo”.

“A eleição de 2022 é muito importante para o momento que o país está vivendo, estamos em um momento de muita preocupação, muito ceticismo. Não está tudo ruim, não somos piores que os outros, somos um país com imensas possibilidades de crescimento”, disse.

Para o empresário, a proposta econômica dos candidatos à presidência será similar quanto à apresentação dos projetos de crescimento do país.

“Não cabe a mim dizer se estou satisfeito ou não, é o que temos. Temos Bolsonaro candidato à reeleição, temos o Lula que sem dúvida nenhuma vai ser candidato, temos o Sergio Moro, João Doria, Ciro, Felipe d’Avila, que é meu genro, procuro sair independente de qualquer candidato. Quero poder analisar o que é melhor para o nosso país, a proposta econômica dos candidatos não será muito diferente um da outra”, afirmou.

À CNN, Abilio Diniz disse acreditar que as próximas eleições trarão a discussão “fundamentalmente da economia”.

“Esse momento da eleição é um momento muito especial, onde será discutido fundamentalmente a economia, o que será feito em termos de economia nesse país. Temos que ter preocupação com o crescimento desse país. O que os candidatos irão falar vai ser fundamental, e nós temos que prestar atenção no que vai acontecer no próximo ano”.

Mais Recentes da CNN