Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Parecer da PEC dos Combustíveis é adiado e deve ser apresentado nesta quarta-feira (29)

    Antes de ser adiada pela terceira vez, apresentação do parecer estava marcada para esta terça-feira (28)

    Pedro Zanattado CNN Brasil BusinessLarissa Rodriguesda CNN

    em São Paulo e em Brasília

    Ouvir notícia

    A apresentação do parecer da PEC dos Combustíveis foi adiada pela terceira vez nesta terça-feira (28). Segundo interlocutores do relator da proposta, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), o texto deve ser apresentado nesta quarta-feira (29) às 9h30.

    Ainda de acordo com interlocutores, o senador estava reunido com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e a equipe econômica para avaliar e tentar diminuir os impactos que a PEC poderia causar às contas públicas.

    Inicialmente, Bezerra apresentaria seu parecer para a PEC às 11h desta terça-feira, depois, mudou o horário da apresentação para 18h. O anúncio do texto já havia sido adiado na véspera, já que a primeira previsão do senador era divulgá-lo na segunda-feira (27).

    O tema suscita divergências com governadores. Diante da pressão para resolver ou ao menos aplacar os efeitos da alta dos combustíveis justamente em um ano eleitoral, o governo e o relator sugerem incluir um aumento de R$ 200 no Auxílio Brasil, passando assim de R$ 400 para R$ 600, e a criação do chamado “voucher caminhoneiro”, previsto no valor de R$ 1.000.

    Segundo estimativas que foram feitas pela gestora Ryo Asset, o custo da PEC dos Combustíveis pode chegar a R$ 58,2 bilhões, caso o voucher para os caminhoneiros fique em R$ 1.000.

    *Com Reuters

    Mais Recentes da CNN