Até julho de 2022, todas capitais terão o 5G Standalone, diz Fábio Faria

Em análise do edital no início da semana, conselheiro da Anatel pediu vista, o que levantou dúvidas sobre os prazos para a implementação da tecnologia

Anúncio da tecnologia de 5G em evento de telecomunicações.
Anúncio da tecnologia de 5G em evento de telecomunicações. Anúncio da tecnologia de 5G em evento de telecomunicações13/7/2021REUTERS/Tingshu Wang

Bruno LaforéLigia Tuonda CNN

Ouvir notícia

A tecnologia 5G Standalone — que não depende do 4G para funcionar — deve chegar às capitais até julho de 2022, segundo o ministro das Comunicações, Fábio Faria.

“Até julho do ano que vem, todas as capitais terão o 5G Standalone funcionando. Talvez nós ultrapassemos o Chile como o primeiro país na América Latina”, disse o ministro em evento do setor nesta quinta-feira (16).

Para São Paulo, a previsão do ministro é que o 5G Standalone chegue até o Natal.

Edital do leilão do 5G

Segundo Fábio Faria, a publicação do edital do leilão do 5G está prevista para a semana que vem, apesar de a análise do documento pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) ter sido adiada no início da semana, após pedido de vista do conselheiro Moisés Queiroz Moreira.

“Acredito que, em breve, vamos resolver. O edital pode sair no dia 21 ou 24. Nenhuma dos investimentos e prazos que estão lá serão prejudicados. Tudo será mantido”, disse o ministro.

O edital foi aprovado pelo TCU (Tribunal de Contas da União) no último dia 25 de agosto.

 

 

Mais Recentes da CNN