Pesquisa aponta que 2,5 milhões de teleconsultas foram realizadas na pandemia

Segundo levantamento da Abramge, 90% não precisaram de consulta médica presencial de abril de 2020 a março de 2021

Anthony Wells, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

 

As consultas médicas a distância foram autorizadas pelo Ministério da Saúde por causa da pandemia de Covid-19, e o medo de contaminação pelo vírus fez com que muitas pessoas optassem pela teleconsulta.

Uma pesquisa da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge) mostra que 90% dos pacientes conseguiram resolver os problemas de saúde dentro de casa, evitando uma possível contaminação pela Covid-19.

Além disso, segundo o levantamento, mais de 2,5 milhões de teleconsultas foram realizadas entre abril do ano passado e março deste ano.

Na avaliação de especialistas, o método de consulta médica a distância também aproximou paciente e médico. 

“Começou a ser o amigo da pessoa dentro de casa. É aquele médico que em vez de falar a cada dois, três meses, você pode falar todo mês por teleconsulta porque a pessoa não precisa se deslocar”, explica a reumatologista Débora Egri à CNN.

Médico
Foto: Pixabay

Mais Recentes da CNN