Setor aéreo prevê retomada total de voos domésticos no 1º trimestre deste ano

Os voos internacionais devem demorar um pouco mais para retornar aos mesmos níveis, devido a alguns embargos e impeditivos que ainda existem no mundo para viajantes brasileiros

Da CNN Brasil

Ouvir notícia

Enquanto no mundo milhares de voos são cancelados pelo avanço da variante Ômicron, as companhias aéreas no Brasil estão otimistas com suas previsões para este ano. As principais empresas que operam no país estão esperando a retomada total dos voos domésticos neste ano.

A expectativa da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) é que, em relação aos voos domésticos, as empresas poderão voltar ao nível pré-pandemia nos primeiros três meses de 2022.

As três maiores empresas de aviação do Brasil já estão notando um aumento no número de voos e fluxo de passageiros.

A Latam diz que retomou 95% da sua capacidade doméstica de dezembro de 2019 e prevê iniciar 2022 com 100% desta capacidade recuperada. A Gol espera atingir os níveis pré-pandemia até o final do primeiro semestre de 2022. A Azul diz que já alcançou os mesmos patamares de operação do período pré-pandêmico, principalmente em número de voos, cidades servidas e oferta de assentos.

Os voos internacionais, por sua vez, devem demorar um pouco mais para retornar aos mesmos níveis, devido a alguns embargos e impeditivos que ainda existem no mundo para viajantes brasileiros. A expectativa, segundo a Abear, é que uma normalidade será restabelecida apenas no final do ano que vem, em 2023.

Segundo a Associação, essas previsões ainda estão à mercê da evolução da pandemia e ao avanço da nova variante Ômicron no país ao longo de 2022.

Mais Recentes da CNN