Setor de bares e restaurantes brasileiros gerou 600 mil empregos no 2º semestre

Presidente executivo da Abrasel, Paulo Solmucci afirmou em entrevista à CNN que o setor está se recuperando "com força e de maneira responsável"

Léo LopesJorge Fernando Rodriguesda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Uma estimativa feita pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) prevê que o setor deve movimentar cerca de R$ 80 bilhões e gerar mais de 60 mil vagas de emprego entre janeiro e março do ano que vem. Nas regiões litorâneas, o aumento nas vendas em bares e restaurantes pode chegar a 30%.

O otimismo para a movimentação trazida pelo início do verão ainda terá que se adequar ao cenário sanitário do país, que enfrenta ao mesmo tempo a variante Ômicron do coronavírus e surtos de gripe provocados pela cepa H3N2 do vírus Influenza.

Em entrevista à CNN, o presidente executivo da Abrasel, Paulo Solmucci, relembrou que mais de 1,2 milhão de postos de trabalho e 300 mil empresas do setor foram fechados por causa da pandemia, mas agora o setor demonstra recuperação. “A gente pagou uma conta dura e desproporcional”, disse.

“Isso ficou pra trás e aos poucos a gente está se recuperando. Nesse segundo semestre chegamos a 600 mil novos postos de trabalho”, informou.

“Estamos com casas cheias e o setor recuperando com força. De maneira responsável e com muita força, os restaurantes estão crescendo bastante”, complementou o presidente da Abrasel.

Mais Recentes da CNN