Veja dicas para ter um ‘perfil campeão’ no LinkedIn, segundo o próprio LinkedIn

A plataforma tem sido cada vez mais usada por recrutadores e é uma boa ferramenta para quem está em busca de trabalho

Sede do LinkedIn em Sunnydale, na Califórnia
Sede do LinkedIn em Sunnydale, na Califórnia Foto: LinkedIn / Divulgação (5.fev.2020)

Aline Macedo, do CNN Brasil Business*

Ouvir notícia

O LinkedIn é uma rede social que conecta profissionais e empresas. A plataforma, que possui mais de 55 milhões de organizações registradas, tem sido cada vez mais usada por recrutadores e é uma boa ferramenta para quem está em busca de trabalho. 

Se um currículo é preenchido com dados técnicos sobre as suas competências, o LinkedIn é um meio de complementar essas informações, mostrando  um pouco mais da pessoa por trás do profissional e do seu percurso no mundo do trabalho. 

De acordo com Suelen Marcolino, gerente de Relacionamento do LinkedIn na Área de Soluções de Talento, a melhor forma de criar visibilidade na rede é com um perfil campeão. “Nada melhor do que começar sua jornada pelo LinkedIn do que com um perfil campeão. Com ele, você pode ampliar as chances de ser visto tanto pelos recrutadores quanto pelas empresas”, diz Marcolino. 

Veja dicas para ter um perfil campeão.

Título

Capriche no título. Este é o campo que vai ajudar a se diferenciar. Por isso, é bacana destacar algo em que você seja especialista ou o cargo em que está trabalhando. Quem está à procura de uma vaga de trabalho pode colocar o cargo que almeja. 

É importante manter o cargo atualizado. De acordo com levantamento feito pela plataforma, os usuários com os cargos atualizados aumentam em 8 vezes a visualização do seu perfil. 

Outra coisa que chama atenção é o nome da instituição de ensino. O preenchimento dessa informação pode impulsionar em até 17 vezes as mensagens dos recrutadores, de acordo com o LinkedIn. 

Não se esqueça de colocar também sua localização, pois pode estimular em 23 vezes a probabilidade de seu perfil ser encontrado em um processo seletivo regional, por exemplo. 

Foto

A foto de perfil é um elemento muito importante. Um perfil com foto é 21 vezes mais acessado e recebe 9 vezes mais pedidos de conexão.

Quando for escolher a foto, pense como se apresentaria no mundo corporativo onde pretende atuar. Por isso, vale analisar a roupa, o fundo e os acessórios. Evite fundos que chamem mais atenção do que você.

O ideal é que a foto seja bem iluminada, mostrando bem o seu rosto –por isso, evite bonés.

Na foto, você pode estar sorrindo. Isso demonstra positividade e alegria.

Não exagere na maquiagem, a não ser que tenha a ver com a área em que pretende trabalhar.

Capa

Invista em uma imagem sobre o seu ambiente de trabalho ou algo relacionado à área em que pretende atuar. 

Sobre

Em, no máximo, três parágrafos, escreva sobre a sua trajetória e seus interesses. Tente usar palavras-chaves para aumentar o seu alcance na rede. Cada setor possui palavras-chaves específicas –por exemplo, na área de marketing, há SEO, inbound e outbound, entre outras. 

Também é possível incluir um link para portifólio.

Experiência

No campo de experiência, não basta colocar apenas o cargo ocupado e a data de início e saída da empresa. Também é necessário colocar as atividades realizadas. Essa construção pode ser em texto ou tópicos.

Como ilustração, é possível destacar as atividades feitas por meio de links ou fotos.  Dessa forma, a pessoa que entrar no seu perfil vai ter conhecimento sobre as habilidades técnicas e interpessoais que você possui. 

Os jovens que ainda não possuem experiência no mercado de trabalho podem incluir trabalhos voluntário em ONGs ou instituições religiosas, intercâmbios e informações da trajetória acadêmica, além de idiomas e certificados.

Para quem tem habilidade com escrita, há um espaço onde se pode publicar seus artigos e textos.

Contato 

Deixe e-mail e telefone celular, pois normalmente as empresas procuram a forma mais rápida de contato. 

Busca de emprego na plataforma

É fundamental que, além do perfil 100% preenchido, você tenha um planejamento na busca por emprego. Filtre seus interesses de carreira para encontrar as vagas que mais têm a ver com o seu perfil profissional. 

Ative os alertas das empresas em que possui interesse. Assim, quando divulgarem vagas, você será informado por meio de notificações. 

Uma nova forma que tem conquistado a rede é a postagem de uma imagem com a frase “estou em busca de uma oportunidade” ou “estou em busca de recolocação”, seguida de um círculo e o pedido: “toque duas vezes para me ajudar”. Isso faz com que as pessoas curtam a postagem e, consequentemente, suas conexões também possam ver seu perfil.

Outra maneira de ficar por dentro das vagas é se conectar com profissionais que já atuam na área em que você possui interesse, fazendo o chamado “networking”.

* Sob supervisão de Maria Carolina Abe

Mais Recentes da CNN