Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Wall Street avança e Nasdaq tem melhor 1º semestre em 40 anos

    Índice Dow Jones fechou em alta de 0,84%, a 34.407,60 pontos

    Nasdaq saltou 1,45%, a 13.787,92 pontos
    Nasdaq saltou 1,45%, a 13.787,92 pontos REUTERS/Brendan McDermid

    Gabriel Tassi Lara, do Estadão Conteúdo

    Os principais índices acionários de Nova York fecharam a sexta-feira (30) com altas expressivas após dados indicarem desaceleração da inflação nos Estados Unidos. Os ganhos confirmaram o melhor primeiro semestre em 40 anos para o Nasdaq, em sessão marcada pelo feito histórico da Apple ao se tornar a primeira empresa a encerrar pregão com valor de mercado acima de US$ 3 trilhões.

    O índice Dow Jones fechou em alta de 0,84%, a 34.407,60 pontos; o S&P 500 também acumulou ganhos, de 1,23%, a 4.450,38 pontos; e o Nasdaq saltou 1,45%, a 13.787,92 pontos. No mês, o Dow Jones teve alta de 4,55%, enquanto S&P 500 subiu 6,47% e o Nasdaq 6,59%.

    No semestre, o Dow Jones acumulou ganhos de 3,8%, o S&P 500 subiu 15,9% e o Nasdaq avançou 31,73% – este último teve a melhor primeira metade de ano desde 1983, conforme dados da Dow Jones Newswires.

    O apetite por risco refletiu novas evidências de arrefecimento inflacionário, com desaceleração do índice PCE em maio, métrica de inflação preferida do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). Já a Universidade de Michigan informou queda nas expectativas de inflação em junho.

    Os papéis de tecnologia lideraram a alta no pregão, com a Apple passando a marca de US$ 3 trilhão em valor de mercado. As ações da empresa encerraram o pregão desta sexta com alta de 2,31%, cotadas a US$ 193,97, maior nível da história.

    “A Apple teve um impulso notável depois que o Citi elevou seu preço-alvo para US$ 240. Hoje,a perspectiva da empresa permanece sólida, dado seu balanço e projetos de receita futura”, pontua Edward Moya, da Oanda.

    O movimento ajudou todo o setor. Nvidia se valorizou 2,25% após analistas da Daiwa Capital elevarem o preço-alvo de suas ações, e a Tesla subiu 2,17%, na expectativa de quebrar recorde de entregas de veículos neste trimestre, com dados que serão divulgados no domingo.

    Papéis do setor de cruzeiros também acumularam ganhos após o Jefferies indicar recomendação de compra para as ações da Carnival, que teve alta de 8,61%.

    Liderando as perdas, a Nike segurou a alta do Dow Jones, caindo 4,24% após ter resultados trimestrais piores do que o esperado.