Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasil registra mais de 211 mil novas vagas de trabalho formal em setembro, mostra Caged

    Resultado considera 1.917.057 admissões e de 1.705.293 desligamentos no mês

    Homem segura carteira de trabalho durante busca por emprego em São Paulo
    Homem segura carteira de trabalho durante busca por emprego em São Paulo 06/10/2020REUTERS/Amanda Perobelli

    Iasmin Paivada CNN

    São Paulo

    O Brasil abriu 211.764 vagas de trabalho formal em setembro, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta segunda-feira (30) pelo Ministério do Trabalho. O resultado considera 1.917.057 admissões e de 1.705.293 desligamentos no mês.

    O dado veio acima as estimativas do mercado, que esperavam 206 mil novas vagas, segundo estimativas da Bloomberg.

    O estoque, a quantidade total de vínculos celetistas ativos, em Setembro de 2023 contabilizou 44.044.343 vínculos, o que representa uma variação de +0,48% em relação ao estoque do mês anterior.

    No acumulado do ano (entre janeiro e setembro), o saldo foi de 1.599.918 empregos, resultado de 17.872.487 admissões e 16.272.569 desligamentos.

    Já nos últimos 12 meses (entre outubro e setembro), foi registrado saldo de 1.433.310 empregos, decorrente de 22.872.583 admissões e de 21.439.273 desligamentos (com ajustes até setembro de 2023).

    Resultado por segmento

    O setor de serviços segue sendo o principal empregador.

    No mês, os cinco grupamentos de atividades econômicas registraram saldos positivos: Serviços (+98.206 postos); Comércio (+43.465 postos); Indústria (+31.086 postos), principalmente na Indústria de Transformação (+28.077 postos); Construção (+28.359 postos); e Agropecuária (+5.126 postos).

    Onde estão os empregos

    As cinco regiões do Brasil apresentaram saldo positivo de novas contratações:

    • Sudeste (+82.350 postos, +0,37%);
    • Nordeste (+75.108 postos, +1,04%);
    • Sul (+22.330 postos, +0,27%);
    • Centro-Oeste (+14.793 postos, +0,38%);
    • Norte (+16.850 postos, +0,79%).

    Todas as 27 Unidades Federativas (UF) registraram saldos positivos.

    Os destaques com maior saldo foram: São Paulo, com 47.306 novos postos; Pernambuco, com 18.864 vagas; e Rio de Janeiro, que acumulou 17.998 postos do mês.

    Já as UFs com menor saldo foram: Amapá com +1.027 postos; Roraima: +763 postos; e Acre: +360 postos.

    Média salarial

    Considerando todo o território nacional, o salário médio de admissão em setembro foi de R$ 2.032,07. Comparado ao mês anterior, houve redução real de R$ 8,07 no salário médio de admissão, uma variação em torno de -0,40%.

    Veja também: Não há descompromisso fiscal da parte do presidente Lula, diz Haddad