Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Conta de luz ficará mais barata em SP a partir desta quinta (29); redução média é de 2,2%

    Aneel também anunciou descontos nas tarifas da Energisa Tocantins e da Cocel, no Paraná

    Novos preços devem beneficiar mais de 8,3 milhões de unidades consumidoras de SP, TO e PR
    Novos preços devem beneficiar mais de 8,3 milhões de unidades consumidoras de SP, TO e PR Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Amanda Sampaioda CNN

    Em São Paulo

    A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou redução de até 14,42% nas tarifas da Enel São Paulo, da Energisa Tocantins e da Companhia Campolarguense de Energia (Cocel), do Paraná.

    Os novos preços entrarão em vigor nesta quinta-feira (29) no Paraná, e na próxima terça-feira (4) em São Paulo e no Tocantins, e devem beneficiar mais de 8,3 milhões de unidades consumidoras nos três estados.

    Em São Paulo, o reajuste médio será de 2,24% nas contas de luz da Enel SP.

    A redução irá variar conforme a classe de consumidores: para a alta tensão, o reajuste médio será de 6,10% e para a baixa tensão, de 0,97%.

    Para as residências, a diminuição tarifária será de 0,91%.

    A Cocel, que opera em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, terá redução média de 3,89%.

    No entanto, o decréscimo da tarifa beneficiará apenas os clientes de alta tensão, que terão desconto de 14,42%.

    Por outro lado, para os consumidores de baixa tensão, a conta de luz aumentará cerca de 3,70%. Para as residências, o reajuste será de 3,45%.

    Já no Tocantins, o desconto médio será de 0,31% para os clientes da Energisa.

    Assim como em São Paulo, a redução na tarifa também irá variar de acordo com cada tipo de consumidor, sendo -0,76% para a alta tensão e -0,19% para a baixa tensão.

    Para os consumidores residenciais, a diminuição da tarifa será de 0,70%.