Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    É provável que Fed esteja no pico do ciclo de alta dos juros, diz Powell

    Presidente do banco central americano discursou após decisão sobre juros nos Estados Unidos

    Chair do Federal Reserve (banco central dos EUA), Jerome Powell, fala em evento em Washington
    Chair do Federal Reserve (banco central dos EUA), Jerome Powell, fala em evento em Washington REUTERS/Evelyn Hockstein

    Amanda Sampaioda CNN

    em São Paulo

    O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, discursou nesta quarta-feira (13) após a decisão da autoridade monetária de manter a taxa de juros dos Estados Unidos no intervalo de 5,25% a 5,5% ao ano.

    O chairman afirmou que a autoridade monetária do país provavelmente já terminou de aumentar a taxa básica de juros, mas manteve aberta a opção de agir novamente, se necessário.

    “Embora acreditemos que nossa taxa de juros esteja no pico do ciclo de aperto monetário ou perto dele, a economia surpreendeu analistas”, afirmou Powell em uma coletiva de imprensa após a mais recente reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto.

    “Estamos preparados para apertar ainda mais a política monetária, se for apropriado”, disse Powell, acrescentando que, embora as autoridades do Fed “não veem como provável que seja apropriado elevar ainda mais a taxa de juros, elas também não querem tirar a possibilidade da mesa”, caso seja necessário.

    O presidente do Fed disse estar confiante de que a economia não está em recessão, mas enfatizou que “há sempre uma probabilidade de que haja uma recessão no próximo ano”.

    Há muita incerteza sobre as perspectivas econômicas do país. Além de a inflação estar acima da meta de 2%, o efeito total das altas acumuladas das taxas de juros — que começaram no ano passado — ainda não foi sentido em toda a economia.

    Embora a inflação tenha diminuído sem aumento significativo na taxa de desemprego, não há garantia de que isso continuará, disse Powell. “Ninguém está declarando vitória”, acrescentou.

    Com informações da Reuters.