Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Empresa alemã é a primeira a vender “carros voadores” nos EUA

    EVTOL da companhia ainda precisa de certificação no país

    O "carro voador" da empresa alemã Lilium
    O "carro voador" da empresa alemã Lilium Reprodução/Instagram/Lilium

    Luciana Dyniewicz, do Estadão Conteúdo

    A empresa alemã Lilium anunciou na quarta-feira (17) que abriu nos Estados Unidos as vendas do seu veículo elétrico de decolagem e aterrissagem vertical, o eVTOL, também conhecido como “carro voador”.

    As vendas serão realizadas em parceria com a EMCJET, empresa de corretagem e gerenciamento de aeronaves, que será a revendedora exclusiva da marca alemã no Texas até 2030.

    “Este anúncio é o primeiro passo para desbloquear o mercado de aviação privada dos EUA, o maior mercado do setor para a Lilium, e segue a estratégia comercial da companhia de começar no mercado premium antes de expandir para o de companhias aéreas e transporte de passageiros”, disse a empresa, em comunicado.

    A Lilium ainda busca certificação das autoridades reguladoras da Europa e dos Estados Unidos.

    Há dois anos, sua previsão era de que os primeiros eVTOLs estariam voando comercialmente em 2024.

    A previsão agora é montar a primeira aeronave (e não mais um protótipo) no fim deste ano, começando os testes com pilotos no segundo semestre de 2024. A certificação do eVTOL é esperada para o fim de 2025.

    Em entrevista ao site The Verge, Matthew Broffman, chefe de parcerias e rede da Lilium nos EUA, negou que a empresa estivesse se adiantando e disse que a venda “antes da certificação” é comum no mercado de aviação.

    Veja teste público de carro voador em Dubai