Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Entenda as acusações do “xerife do mercado dos EUA” contra a Binance

    Maior bolsa de cripto comandada por Changpeng Zhao foi acusada por reguladores em uma série de crimes financeiros

    Da CNN*

    A Binance e seu presidente-executivo, Changpeng Zhao, operavam uma “rede de fraudes” que incluía inflar artificialmente seus volumes de negociação e desviar ativos de clientes.

    Estas foram algumas das alegações que a Securities and Exchange Commission (SEC), o “xerife do mercado financeiro dos EUA”, apresentou nesta segunda-feira (5), contra a maior bolsa de criptos do mercado e o seu gestor, também conhecido como “CZ” .

    A agência abriu um processo contra a Binance e CZ por não restringir os clientes dos Estados Unidos de sua plataforma e enganar os investidores sobre seus controles de vigilância do mercado, além de operar uma bolsa de valores não registrada.

    “Através de 13 acusações, alegamos que as entidades Zhao e Binance se envolveram em uma extensa rede de enganos, conflitos de interesse, falta de divulgação e evasão calculada da lei”, disse o presidente da SEC, Gary Gensler.

    “O público deve ter cuidado ao investir qualquer um de seus ativos suados com ou nessas plataformas ilegais”, complementou.

    A SEC também alegou que, pelo menos entre setembro de 2019 até junho de 2022, a Sigma Chain, uma empresa de negociação de propriedade e controlada por Zhao, se envolveu em negociações de lavagem que inflaram artificialmente o volume de negociação de títulos de criptoativos na plataforma Binance.US.

    A Binance não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre as acusações. Em um tuíte, Zhao disse que a Binance emitirá uma resposta assim que analisar o processo da SEC e disse que a equipe da plataforma está “aguardando, garantindo que os sistemas estejam estáveis, incluindo saques e depósitos”.

    A bolsa de cripto também está sob investigação do Departamento de Justiça por suspeita de lavagem de dinheiro e violações de sanções, de acordo com pessoas familiarizadas com a investigação.

    A plataforma de negociação global da Binance, a Binance.com domina o cenário de negociação de criptomoedas, processando no ano passado operações no valor de US$ 65 bilhões por dia, com até 70% do mercado.

    FTX

    Os reguladores dos EUA intensificaram o escrutínio das plataformas criptográficas desde o colapso da FTX, a bolsa fundada por Sam Bankman-Fried, em novembro do ano passado.

    Antes de entrar com pedido de falência, a FTX buscou brevemente uma tábua de salvação por meio de sua rival muito maior, a Binance, mas o negócio foi rapidamente cancelado, com a Binance dizendo que os problemas da FTX estavam “além de nosso controle ou capacidade de ajudar”.

    A FTX está agora no centro do que os promotores federais chamaram de uma das maiores fraudes financeiras da história dos Estados Unidos.

    Bankman-Fried se declarou inocente de várias acusações de fraude e conspiração e está aguardando julgamento. Vários de seus ex-parceiros de negócios se declararam culpados e estão cooperando com as autoridades.

    *Publicado por Gabriel Bosa, com informações da Reuters, Estadão Conteúdo e CCNi