Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Saiba quem é a mulher mais rica da América Latina

    Chilena possui patrimônio avaliado em US$ 27,6 bilhões, segundo a Forbes

    Ao centro, Íris Fontbona, da família Luksic
    Ao centro, Íris Fontbona, da família Luksic Divulgação/ Grupo Luksic

    Marien Ramosda CNN*

    A chilena Íris Fontbona é a mulher mais rica da América Latina, com patrimônio avaliado em US$ 27,6 bilhões, segundo ranking da Forbes. A bilionária é viúva de Andrónico Luksic, fundador de uma das 10 maiores empresas produtoras de cobre do mundo.

    Fontbona, 81, e seus três filhos herdaram a empresa do marido após falecer de câncer em 2005. Segundo a Forbes, a família controla a Antofagasta Plc, proprietária de minas no Chile e negociada na Bolsa de Valores de Londres.

    Foi três anos atrás que a mulher mais rica da América Latina viu sua fortuna mais do que dobrar, indo de US$ 10,8 bilhões em 2020 para US$ 23,3 bilhões em 2021.

    Mas, até a publicação desta reportagem, seu patrimônio no mercado apresentava queda de 0,52%.

    Hoje, ela ocupa a posição 63º do ranking global da Forbes e é a 11ª mulher mais rica do mundo.

    Fontbona e seus filhos também possuem uma participação majoritária na Quiñenco, um dos maiores conglomerados empresariais de capital aberto do Chile, associado aos setores financeiros, de bebidas, manufatureiro, energia, transporte e serviços portuários.

    O filho Jean-Paul Luksic é presidente da Antofagasta, enquanto Andrónico Luksic, que chefiava a Quiñenco desde 2013, deixou o cargo em dezembro de 2023. O terceiro filho, Guillermo Luksic, morreu de câncer de pulmão há 11 anos, aos 57 anos.

    *Sob supervisão de Gabriel Bosa