Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Fitch eleva nota de Banco do Brasil, Caixa e outras instituições financeiras brasileiras; confira

    Segundo a instituição, as mudanças refletem não uma melhora na qualidade de crédito, mas a alteração na escala nacional e no risco relativo

    Logo da Fitch Ratings em seu escritório de Londres
    Logo da Fitch Ratings em seu escritório de Londres 03/03/2016. REUTERS

    André Marinho, do Estadão Conteúdo

    A Fitch anunciou nesta quinta-feira (31) a revisão da nota de crédito de 15 instituições financeiras brasileiras após ter elevado o rating soberano do Brasil para BB.

    Entre as ações, a agência melhorou de “AA(bra)” para “AAA(bra)” as classificações de Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco XP.

    Todos permanecem com perspectiva estável.

    Segundo a instituição, as mudanças refletem não uma melhora na qualidade de crédito, mas a alteração na escala nacional e no risco relativo.

    “Os fundamentos de crédito destes emissores permanecem os mesmos, mas seus fundamentos, em relação aos emissores locais de outros setores, melhoraram”, explica.

    Confira a lista de ratings revisado:

    Emissores cujos ratings foram elevados de “AA(bra)” para “AAA(bra)”:

    1) Banco do Brasil
    2) Caixa Econômica Federal
    3) Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)
    4) Banco da Amazônia
    5) Banco do Nordeste do Brasil
    6) Banco BTG Pactual
    7) Banco PAN
    8) BTG Pactual Holding
    9) Banco XP
    10) Desenvolve SP Agência de Fomento do Estado de São Paulo (Desenvolve)
    11) Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes)
    12) Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo SUl

    Emissores cujos ratings foram elevados de “AA-(bra)” para “AA+(bra)”

    1) Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul)
    2) Banco do Estado de Sergipe (Banese)
    3) Banestes – Banco do Estado do Espírito Santo

    Veja também: Entenda os impactos da elevação de nota de crédito do Brasil pela Fitch Ratings