Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Indústria paulista prevê crescimento de vendas e mostra preocupação com custos, diz Fiesp

    Quase metade das empresas estão otimistas com custos subindo 10% neste ano para um terço delas

    Também foi apontado, por 46% dos participantes do levantamento, aumento do custo de crédito
    Também foi apontado, por 46% dos participantes do levantamento, aumento do custo de crédito Tânia Rêgo/Agência Brasil

    Eduardo Laguna, do Estadão Conteúdo

    A indústria paulista está confiante em relação às vendas deste ano, mas também mostra preocupação quanto aos custos, em geral, de suas operações. O quadro é apontado por pesquisa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que também indica cautela do setor em relação a investimentos e contratações.

    Conforme o levantamento, 45,5% das empresas estão otimistas ou, em menor parcela, muito otimistas nas expectativas para as vendas de 2024. Já uma parcela também significativa, de 43,3%, aponta pessimismo em relação aos custos.

    Para um terço dos participantes da pesquisa (33,1%), os custos devem subir até 10% neste ano. Ainda assim, o aumento das vendas deve permitir algum aumento de lucro, para 36% das empresas.

    Também foi apontado, por 46% dos participantes do levantamento, aumento do custo de crédito, apesar dos cortes nos juros de referência.

    A Fiesp ouviu 354 empresas, de todos os portes, da indústria de transformação em São Paulo.

    A pesquisa de campo aconteceu entre 15 e 26 de janeiro, com o objetivo de captar a perspectiva para o ano.

    Quase metade das empresas consultadas (48,9%) prevê estabilidade nos investimentos, ao passo que, na avaliação do emprego, mais da metade (59,9%) prevê estagnação.