Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Inflação do aluguel”: IGP-M sobe 0,05% em março, diz FGV

    Com o resultado, o indicador acumula alta de 0,20% no ano e de 0,17% em 12 meses

    Em março do ano passado, o IGP-M tinha avançado 1,74%, com alta acumulada de 14,77% em 12 meses
    Em março do ano passado, o IGP-M tinha avançado 1,74%, com alta acumulada de 14,77% em 12 meses Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

    Tamara Nassifda CNN

    em São Paulo

    Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), apelidado de “inflação do aluguel”, subiu 0,05% em março, após queda de 0,06% em fevereiro, informou nesta quinta-feira (30) a Fundação Getulio Vargas (FGV).

    Com o resultado, o indicador acumula alta de 0,20% no ano e de 0,17% em 12 meses. A expectativa, em pesquisa da Reuters com analistas, era de alta de 0,15%.

    Em março do ano passado, o IGP-M tinha avançado 1,74%, com alta acumulada de 14,77% em 12 meses.

    Na análise de André Braz, coordenador dos Índices de Preços da FGV, o “IGP-M acumulado em doze meses segue em desaceleração e registra a sua menor taxa desde fevereiro de 2018, quando apresentara queda de 0,42%”.

    “Os índices componentes do IGP-M também apresentaram desaceleração nas taxas interanuais. No mês de março, enquanto os índices ao produtor e da construção civil desaceleraram, a variação do IPC acelerou devido a volta da cobrança dos tributos federais sobre a gasolina, cujo preço subiu em média 6,52%.”

    Já o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) caiu 0,12% em março, após queda de 0,20% em fevereiro. O resultado, segundo a FGV, foi influenciado pelo subgrupo combustíveis para consumo, que passou de 4,07% para -1,46% mês a mês.

    O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), por outro lado, avançou 0,66% em março, ante alta de 0,38% em fevereiro. Cinco dos oito componentes do índice variaram para cima neste mês.

    O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) variou 0,18% em março, em comparação ao avanço de 0,21% em fevereiro.