Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    JBS movimenta 2,1% do PIB brasileiro, mostra levantamento

    Companhia também gera quase 3% dos empregos em todo o país, de acordo a Fipe, responsável pelo estudo

    Adriana De Lucada CNN

    São Paulo

    Um levantamento inédito feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) mostrou que a JBS e as cadeias produtivas ligadas a ela no Brasil movimentaram, em 2021, o equivalente a 2,10% do Produto Interno Bruto (PIB) e contribuíram para a geração de 2,73% dos empregos do país.

    O levantamento foi feito pela Fipe por meio do Núcleo de Economia Regional e Urbana da Universidade de São Paulo (Nereus).

    Os pesquisadores consideraram o efeito inicial (a partir das próprias unidades da JBS), o efeito direto (relacionamento com fornecedores diretos de insumos), o efeito indireto (impactos ao longo de toda a cadeia de suprimentos) e o efeito renda (indução da atividade econômica).

    Foram analisados 67 setores e 127 produtos.

    “Para nós, que como empresa completamos 70 anos agora em 2023, esse estudo é de extrema importância, pela evidência que ele apresenta de como a indústria de alimentos é positiva para o país. Gera muitos empregos diretos e indiretos, além de ter uma cadeia longa de fornecedores e clientes, estimulando uma grande porção da economia”, afirma Gilberto Tomazoni, CEO Global da JBS.

    A JBS é uma das maiores empresas de alimentos do mundo e está entre as que mais geram empregos no país.

    “Ela é uma empresa de R$ 41 bilhões em ‘market cap’ [valor de mercado]”, diz o analista para alimentos e agrícolas da Genial Investimentos, Lucas Bonventi.

    “Ela é atualmente a maior produtora de proteínas do mundo, além de ser a segunda maior empresa de alimentos. Ela é realmente é gigante”, diz.

    Apenas a suíça Nestlé supera a brasileira das carnes como a maior fabricante global de todo o setor de alimentos.

    Friboi, Seara, Swift e Doriana são algumas das marcas da JBS no Brasil, que ainda tem grandes operações próprias nos Estados Unidos e na Austrália.

    A companhia conta com unidades de produção em mais de 130 municípios brasileiros e registra com 145 mil colaboradores diretos. Ao total, diretos e indiretos são 2,9 milhões de empregos gerados ao longo das cadeias produtivas.

    “A JBS tem 260 mil colaboradores no mundo, 145 mil somente no Brasil, estamos presentes em diversas regiões do país e levamos oportunidade de emprego e renda para essas regiões. Vamos do campo a mesa do consumidor e contribuímos para gerar mais de 2,9 milhões de empregos diretos e indiretos, afirma Fernando Meller, diretor-executivo de recursos humanos da JBS.

    Veja também: Nova etapa do Desenrola começa no fim de setembro

    *Colaborou Juliana Elias, da CNN, em São Paulo