Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula decide manter aliada em vice-presidência da Caixa responsável pelo Minha Casa, Minha Vida

    Centrão pressiona por entrega de cargos no banco na iminência de votações importantes para o governo

    Agência da Caixa Econômica Federal no Rio de Janeiro
    Agência da Caixa Econômica Federal no Rio de Janeiro 20/08/2014REUTERS/Pilar Olivares

    Marina Demorida CNN

    A vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Inês Magalhães, será mantida no cargo. Esse é o recado que a nova diretoria do banco fez chegar ao Palácio do Planalto, segundo apurou a CNN.

    Inês é ligada ao PT e responsável pelo programa Minha Casa Minha Vida, que retém cerca de 60% da carteira do banco, o equivalente a mais de R$ 600 bilhões.

    O posto vem sendo alvo de disputa entre partidos políticos, após a troca na presidência da estatal para acomodar partidos do centrão.

    O acordo do presidente Lula com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), por mais votos na casa, incluiu cargos de segundo escalão. Mas as trocas ainda não foram anunciadas.

    A vice-presidência de habitação pode ser a única, das 12 posições, a não sofrer mudanças. As primeiras trocas devem ocorrer na vice-presidência de Rede de Varejo, hoje ocupada por Júlio Cesar Volpp Sierra, e na Diretoria Jurídica, ocupada por Jailton Zanon da Silveira.

    Segundo fontes do governo, alguns nomes já foram indicados ao novo presidente do banco, Antônio Carlos Vieira, que avalia as propostas.

    A avaliação é de que não deve haver dificuldade em aprovar os nomes indicados por se tratarem, em sua maioria, de funcionários de carreira da estatal.

    A expectativa é que as mudanças sejam feitas de forma gradativa, nas próximas semanas.