Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bruxelas diz que UE não está disposta a pagar pelo gás russo em rublos

    Todos os países do bloco concordaram em não pagar a Rússia em rublos; prazo para os próximos pagamentos deve ser 20 de maio

    Da Reuters

    Todos os países da UE concordam que não pagarão à Rússia diretamente em rublos por suas importações de gás, observando que o prazo para os próximos pagamentos deve ser 20 de maio, disseram autoridades da União Europeia nesta quinta-feira (28).

    “O que sabemos, e há consenso sobre isso de todos os estados membros, é que nenhum está disposto a pagar em rublos”, disse o funcionário em entrevista coletiva, acrescentando que a Comissão da UE não tem uma visão geral de quantos compradores abriu contas para pagamentos de gás no Gazprombank.

    A gigante de energia russa Gazprom interrompeu nesta quarta-feira (27) o fornecimento de gás à Bulgária e à Polônia por não pagarem pelo combustível em rublos, a resposta mais dura do Kremlin até agora às sanções impostas pelo Ocidente devido à invasão da Ucrânia.

    “A Gazprom suspendeu completamente o fornecimento de gás para Bulgargaz (Bulgária) e PGNiG PGN.WA (Polônia) devido à ausência de pagamentos em rublos”, disse a empresa, em comunicado divulgado na quarta.

    A presidente do órgão executivo da União Europeia classificou como “chantagem” a medida da Gazprom, mas disse que o bloco está trabalhando em uma resposta coordenada à escalada de Moscou.

    “O anúncio da Gazprom de que está interrompendo unilateralmente a entrega de gás a clientes na Europa é mais uma tentativa da Rússia de usar o gás como instrumento de chantagem”, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.