Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Disney anuncia demissão de 7 mil funcionários a partir desta semana

    Demissões fazem parte de uma iniciativa de corte de custos multibilionária destinada a simplificar as operações da empresa em um período de turbulência na indústria de mídia

    Jon Passantinoda CNN

    O CEO da Disney, Bob Iger, anunciou nesta segunda-feira (27) que sua empresa vai começar a demitir funcionários a partir desta semana. Essa é a primeira de três rodadas de cortes esperados após seu anúncio em fevereiro de que a empresa cortaria 7.000 empregos.

    As demissões na força de trabalho global da Disney fazem parte de uma iniciativa de corte de custos multibilionária destinada a simplificar as operações da empresa em um período de turbulência na indústria de mídia.

    Em um memorando enviado aos funcionários e obtido pela CNN, Iger disse que as demissões ocorreriam em três ondas. A primeira rodada começará esta semana e os gerentes começarão em breve a notificar os funcionários afetados.

    Uma segunda e maior rodada de demissões ocorrerá em abril, disse Iger, com milhares de funcionários demitidos. Uma terceira rodada de demissões deve acontecer “antes do início do verão” para atingir a meta planejada pela empresa de eliminar 7.000 empregos.

    “A difícil realidade de muitos colegas e amigos deixando a Disney não é algo que consideramos levianamente”, disse Iger no comunicado. “Em momentos difíceis, devemos sempre fazer o que for necessário para garantir que a Disney possa continuar oferecendo entretenimento excepcional para o público e convidados em todo o mundo – agora e no futuro.”

    A Disney (DIS) tinha cerca de 220.000 trabalhadores em 1º de outubro, dos quais aproximadamente 166.000 estavam empregados nos Estados Unidos. Um corte de 7.000 empregos representa cerca de 3% de sua força de trabalho global.

    As demissões seguem o retorno de Iger à Disney em novembro, depois que o conselho da empresa demitiu Bob Chapek como seu líder.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original