Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Enem dos Concursos”: prova é mantida no RS mesmo com fortes chuvas no estado

    Exame será aplicado no próximo domingo (5); 29 pessoas já morreram por temporais no Sul do país

    "Enem dos Concursos": prova é mantida no RS mesmo com fortes chuvas no estado
    "Enem dos Concursos": prova é mantida no RS mesmo com fortes chuvas no estado undefined

    Guilherme Nieroda CNN

    O governo decidiu manter o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), conhecido como “Enem dos Concursos”, no Rio Grande do Sul mesmo com as fortes chuvas que atingem o estado.

    A confirmação foi feita na noite desta quinta-feira (2), em nota, pelo ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos. A pasta é a responsável pelo novo sistema de provas de concursos federais do governo.

    “O Governo Federal envidará todos os esforços para garantir, no Rio Grande do Sul, a participação dos candidatos, em diálogo com as autoridades federais, estaduais e municipais competentes”, diz a nota.

    Chuvas no RS

    O Governo do Rio Grande do Sul confirmou a morte de 29 pessoas por conta das fortes chuvas que atingem diversas cidades gaúchas desde o início da semana. Além das mortes, 60 pessoas estão desaparecidas.

    São 154 cidades atingidas pelas tempestades, segundo informações da Defesa Civil do estado.

     

    Como funciona o concurso

    O CPNU selecionará candidatos para 80 carreiras em mais de 20 órgãos públicos do governo federal, incluindo ministérios, fundações, agências reguladoras e institutos de pesquisa.

    Há vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior.

    As carreiras estão divididas em oito blocos temáticos. No ato da inscrição, o candidato escolhia um dos blocos e indicava sua ordem de preferência entre as carreiras daquela opção, assim como os estudantes indicam a ordem de preferência das universidades.

    A prova conta com perguntas objetivas, comuns a todos os candidatos, e objetivas e dissertativas específicas do bloco escolhido.

    (*Com informações de Pedro Duran, Fábio Munhoz e Marien Ramos)