Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo avalia fatiar reforma tributária

    No que se refere a reforma tributária do Imposto de Renda, a ideia inicial é encaminhar uma nova proposta

    Há uma preferência do governo pela PEC 45 ante a PEC 110, que está no Senado
    Há uma preferência do governo pela PEC 45 ante a PEC 110, que está no Senado Arte CNN

    Caio Junqueirada CNN

    O governo Lula avalia fatiar a reforma tributária que pretende aprovar no Congresso nacional.  Embora ainda não haja uma estratégia definida, a avaliação inicial é de que a preferência é por aproveitar a proposta de emenda constitucional 45, que está na Câmara dos Deputados e foi apresentada pelo deputado federal Baleia Rossi, presidente do MDB e integrante da base aliada do governo.

    Nesse sentido, há uma preferência do governo pela PEC 45 ante a PEC 110, que está no Senado. Tecnicamente, ambas tributam consumo, mas há uma diferença básica. A PEC 45 propõe um Imposto de Valor Agregado (IVA) enquanto a 110 propõe um IVA dual – um federal e outro subnacional.

    O governo considera que a última versão das duas propostas estão muito próximas e que a ideia inicial é que o trabalho feito sobre a PEC 110 seja aproveitado na discussão da PEC 45.

    No que se refere a reforma tributária do Imposto de Renda, a ideia inicial é encaminhar uma nova proposta. Nesse sentido, o governo não pretende aproveitar um projeto já aprovado na Câmara e que está no Senado, o PL 2337, por considerar haver nele muitas deficiências.