Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Haddad crê que IBGE vai revisar PIB de 2023 e projeta crescimento acima de 2,5% em 2024

    Ministro participa de evento na sede da Fiesp ao lado da comitiva francesa que visita o país, com presença presidente Emmanuel Macron

    Ministro da Fazenda, Fernando Haddad
    Ministro da Fazenda, Fernando Haddad 28/12/2023REUTERS/Adriano Machado

    Danilo Moliternoda CNN

    em São Paulo

    O Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou em evento realizado nesta quarta-feira (27) acreditar que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai revisar positivamente o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2023 e projetou que o avanço em 2024 pode ser superior a 2,5%.

    O IBGE estimou o PIB brasileiro em 2023 em 2,9% e, segundo o ministro, este número pode ser revisto e ficar em torno de 3%.

    Para este ano, Haddad reiterou a expectativa de que a própria Fazenda revise sua expectativa de avanço da economia, atualmente em 2,2%. “As estimativas do governo devem ser revistas nos próximos meses para um crescimento de 2,5% ou acima”, disse.

    Haddad destacou ainda que a economia brasileiras vem acelerando sem impactos relevantes à inflação, que esteve dentro da tolerância da meta no ano passado e, segundo estimativas, deve se aproximar do centro neste ano.

    Em sua fala, o ministro ainda reiterou a crença de que o PIB potencial do Brasil está subestimado e afirmou mesmo “economistas conservadores” já reavaliam suas mensurações.

    O PIB potencial mostra a capacidade de um país crescer sem impactar a inflação.

    “Creio que se o Brasil crescer menos que a média mundial nos próximos anos, com as políticas que estão sendo adotadas, há algo muito errado, visto as vantagens comparativas do país”, completou.