Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Novo papel da Emgea será alavanca poderosa para crédito imobiliário, diz presidente à CNN

    Pimentel concedeu entrevista durante o CNN Talks Crédito para o Brasil realizado na manhã desta terça-feira (18)

    CNN

    Da CNN

    Fernando Pimentel, presidente da Empresa Gestora de Ativos (Emgea), defendeu que o novo papel da estatal, atribuído pela medida provisória (MP) do Acredita, será uma “alavanca poderosa” para o crédito imobiliário no Brasil.

    Pimentel concedeu entrevista durante o CNN Talks Crédito para o Brasil realizado na manhã desta terça-feira (18), em Brasília.

    “Vamos reforçar o mercado secundário e ser uma alavanca muito poderosa. O crédito movimenta o mercado imobiliário, gera emprego e renda”, disse.

    Questionado sobre o fôlego da Emgea para este tipo de operação – considerando que a empresa gere cerca de R$ 10 bilhões em ativos -, o presidente admitiu que o valor pode parecer baixo em um primeiro momento, mas com a aplicação cíclica e mensal, poderá abastecer este mercado.

    “R$ 10 bilhões vão vir em um mês. Cada ano tem doze meses. Os R$ 10 bilhões, vão virar 20, então, 30, por aí vai”, concluiu.

    Segundo Pimentel, a Emgea ainda debate com o Ministério da Fazenda e setor privado caminhos para realizar estas operações.

    Entre outras coisas, a MP expandiu o papel Emgea para atuar como securitizadora no mercado imobiliário.

    Na prática, isso significa que esta estatal poderia adquirir carteiras de crédito de instituições financeiras. Isso abriria espaço para estes bancos fazerem mais empréstimos e aqueceria o mercado.

    A Emgea “empacotaria” esta carteira e iria ao mercado de capitais vendê-las. O governo entende que a estatal pode, inclusive, ter ganhos nesta operação – o que permitiria a ela alavancar este mercado exponencialmente.