Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Presidente do TCU diz que é difícil que STF reveja privatização da Eletrobras

    Dantas afirmou que debate é válido e faz parte da alternância de poder

    Bruno Dantas, presidente interino do Tribunal de Contas da União (TCU)
    Bruno Dantas, presidente interino do Tribunal de Contas da União (TCU) FATIMA MEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Matheus Meirellesda CNN em São Paulo

    O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, afirmou que não vê condições para que o Supremo Tribunal Federal (STF) discuta a reestatização da Eletrobras.

    Nesta segunda-feira (27), durante a Arko Conference, Dantas afirmou que o debate é válido e faz parte da alternância de poder.

    Na semana passada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que a privatização da Eletrobras foi um “crime de lesa pátria” e defendeu a reestatização da empresa.

    Para o presidente do TCU, não há espaço para o STF entrar nessa discussão.

    “Como é que alguém que tem 40% do capital só pode exercer 10% dos direitos políticos? Agora, isso foi uma escolha. No momento em que foi feito estava absolutamente ao amparo da lei e não veio nenhuma lei posterior que mudasse o que foi feito”, ressaltou.