Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vagas de emprego disponíveis nos EUA caem menos que esperado em janeiro

    Condições de mercado de trabalho continuam restritivas

    da Reuters

    As vagas de emprego em aberto nos Estados Unidos caíram menos do que o esperado em janeiro e os dados para o mês anterior foram revisados para cima, apontando para condições de mercado de trabalho persistentemente restritivas, que provavelmente manterão o Federal Reserve no caminho para aumentar as taxas de juros por mais tempo.

    As vagas de emprego disponíveis, uma medida da demanda de mão-de-obra, diminuíram em 410 mil, para 10,8 milhões no último dia de janeiro, disse nesta quarta-feira (8) o Departamento do Trabalho em sua pesquisa mensal sobre aberturas de empregos e rotatividade de mão-de-obra, conhecida como relatório JOLTS.

    Os dados de dezembro foram revisados para 11,2 milhões de vagas de trabalho em vez dos 11,0 milhões informados anteriormente.

    Economistas entrevistados pela Reuters haviam previsto 10,5 milhões de vagas de emprego para janeiro.

    O presidente do Fed, Jerome Powell, disse na terça-feira no Congresso que o banco central dos EUA provavelmente precisará aumentar as taxas mais do que o esperado, abrindo a porta para um aumento de 0,5 ponto percentual este mês para combater a inflação após uma recente série de dados fortes.