Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ações da Petrobras sobem mais de 2% após anúncio de aumento da gasolina e gás de cozinha

    Papéis fecharam entre os maiores avanços do Ibovespa na sessão desta segunda (8)

    Logo da Petrobras em edifício no Rio de Janeiro
    Logo da Petrobras em edifício no Rio de Janeiro 17/7/2023 REUTERS/Ricardo Moraes/Arquivo

    Danilo Cruzda CNN São Paulo

    As ações da Petrobras subiram mais de 2% no Ibovespa após o anúncio de reajuste nos preços da gasolina e do gás de cozinha e fecharam entre as maiores altas da sessão nesta segunda-feira (8).

    Os papéis preferenciais (PETR4) fecharam o dia com avanço de 2,45%, negociados a R$ 38,44, enquanto os ordinários (PETR3) valorizaram 2,33%, a R$ 41,22.

    O desempenho apoiou a alta do Ibovespa, que encerrou a sessão com alta de 0,22%, a 126.548 pontos.

    Antes do anúncio do aumento nos preços da gasolina, os papéis da empresa operavam próximos da estabilidade, com preços do petróleo em baixa pesando sobre o desempenho da estatal.

    A Petrobras anunciou um aumento de 7,1% nos preços da gasolina para as distribuidoras. O aumento praticado pela estatal equivale a R$ 0,20 por litro do combustível. O gás de cozinha também terá aumento: de 9,8%.

    Esse é o primeiro ajuste nos preços da gasolina neste ano e também sob a gestão de Magda Chambriard na presidência da companhia. O último ajuste ocorreu em 21 de outubro de 2023, quando os preços foram reduzidos. O último aumento da gasolina foi em 16 de agosto de 2023.

    Já para o gás de cozinha, o preço de venda para as distribuidoras passará a ser, em média, equivalente a R$ 34,70 por botijão de 13kg. Nesse caso, o aumento equivalente a R$ 3,10. Ou 9,8% de aumento diante dos preços praticados até hoje.

    Esse é o primeiro reajuste nos preços de venda do gás de cozinha no ano. Os últimos ajustes ocorreram em maio e julho do ano passado, ambas reduções. O último aumento do gás foi em 11 de março de 2022.